11 de outubro de 2012 Tag: , ,

A imagem digital deixou uma velha Infância na memória

Os tempos mudaram, e o nome de uma música romântica serve para dar título a esse post. Vivemos uma era de comportamento tecnológico, imagem digital e conversa virtual. Ainda bem que nós temos enorme capacidade para nos adaptar e readaptar às transformações contemporâneas.

Na contramão, se a tecnologia está cada vez mais avançada, nós a criamos em busca de maior praticidade e maior agilidade. Não tem como voltar atrás, só dá pra curtir a nostalgia.

Daí que resolvi compartilhar a imagem postada por Lembranças de Anos Incríveis.

imagem digital quando eu era criança lá em Barbacena

Fonte da Imagem: Lembranças de Anos Incríveis

Isso me faz refletir que a minha infância, ainda que “velha”, será eterna na memória. Encontro a criança que existe dentro de mim, nas brincadeiras com meu filho e relembro em alguns momentos como era bom ter mais liberdade na rua.

Ser Criança, o negativo virou imagem digital

Cabelos encaracolados, eu era assim….

Nos transformamos todos os dias, nos reinventamos. É pra pensar o quanto toda mudança vem acompanhada desses conflitos de “não querer” todas essas novidades que sempre buscamos. Porque junto de uma transformação sempre vem um “efeito colateral”  de brinde.

Para quem sente saudades do dia das crianças de outrora, hoje somos uma “geração sem fio”…

“Precisamos ser protagonistas dessa revolução, em vez de vítimas de uma mudança de hábitos”. Fonte: Cláudia/Out.2012 – Inspiração Carreira – Matéria de Cynthia de Almeida

Abraços!

     

    Deixe seu comentário