6 de janeiro de 2014 Tag: ,

O que as pessoas mais prometem para o Ano Novo

Todo final de ano é a mesma história, pessoas fazendo diversas promessas que muita vezes não são cumpridas. O blog Abraço Mundo decidiu mostrar para você quais são as CINCO promessas, de Ano Novo, MAIS FEITAS – e que ninguém cumpre. Mas não é só isso: vamos nos ajudar com dicas para que possamos realizar tudo o que planejamos para 2014. Confira abaixo no infográfico:

Promessas de ano novo

Imagem: Grudado

Abraços!

8 de dezembro de 2013 Tag: , , ,

Couchsurfing: Turismo de sofá!

Fica até engraçado falar sobre turismo de sofá em pleno domingo. Parece que vamos viajar só pela televisão, lendo um bom livro, curtindo uma preguiça deitados no sofá da nossa sala. Na verdade aqui tem dicas sobre economia com viagem. Quer viajar barato e não sabe onde hospedar? Então, quero comentar sobre o Couchsurfing, continue lendo.

Em 2003,  o  americano Casey Fenton,  foi  a  Islândia após  comprar  uma passagem bem barata e se deparou com a difícil tarefa de encontrar lugar para se hospedar sem gastar dinheiro. Sem ter pra onde ir, Fenton resolveu mandar mais de 1500 emails pedindo pra que alguma família o abrigasse oferecendo apenas  um sofá e,  para  sua  surpresa,  recebeu  50  respostas positivas. Após ter férias incríveis, passando por vários lugares e trocando muita  experiência, surgiu  a  ideia  de  fundar  uma  rede  em  que  pessoas pudessem se comunicar de maneira segura com a finalidade de conseguir ou  oferecer  hospedagens  no  mundo  inteiro.  Foi  aí  que  surgiu  o Couchsurfing  (surfe  de  sofá),  novidade  que  pode  parecer  estranha  a princípio, mas que vem fazendo a cabeça de muita gente.

Couchsurfing no mundo hospedagem diferenciada

Fonte da imagem: Cargo Colletive

 

COMO FUNCIONA O COUCHSURFING?

É como  uma  rede  social  especializada  nesse  tipo  de turismo com intuito de viajar barato. Nela há a troca de testemunhos e votos de confiança, atribuídos tanto às pessoas que se hospedaram quanto àqueles que receberam alguém em sua casa. O resultado é que os membros vão ganhando credibilidade, o que torna a viagem muito mais segura. O sistema  é  totalmente  gratuito  e  a  hospedagem  também,  mas quem preferir  pode  pagar  uma  taxa  bem  pequena  que  fará  com  que o Couchsurfing  se  responsabilize  por  descobrir  um  pouco  mais  sobre os anfitriões enviando, por exemplo, uma carta com código de segurança para confirmar que o endereço realmente existe.

Quase tudo pode ser especificado no formulário de registro: quem oferece pode dizer as condições da moradia, se o turista dormirá no sofá da sala ou se terá um quarto só para ele, se mora em casa ou apartamento, quantas pessoas residem na casa,  sua profissão, se tem animais,  se possui horas livres para passeios para mostrar a cidade e o que há pra se fazer em locais próximos. Quem está  buscando  um lugar  procura  na  base  de  dados  os locais que mais lhe agradam no país que quiser visitar. Não há regras para esse tipo de viagem mas é claro que algumas coisas são fundamentais  na  intenção  de  estabelecer uma  convivência  agradável.  A ideia principal é a troca de experiências, então é importante que o hóspede esteja disposto a conversar e criar laços com os moradores. Também é ideal que  ele  se  sinta  como  um  membro  da família,  e  isso  inclui  os  bons momentos, como passeios e jantares, mas também os deveres de limpeza e arrumação do ambiente, caso seja necessário.

couchsurfing no mundo

Fonte da imagem: Eurotravel blog

Couchsurfing no Brasil:

Com a chegada de grandes eventos esportivos ao Brasil nos próximos anos,a procura de hospedagens por estrangeiros vai ser muito grande. Depois dessa novidade, os hoteis e o aluguel de imóveis no RJ – Rio de Janeiro não são mais as únicas opções. Se você achou legal, pode se cadastrar no site <<“Couchsurfing” >> e receber em sua casa alguém que pode ampliar a sua visão de mundo. Ainda por cima, se tornar um amigo que venha a te oferecer hospedagem quando você quiser ir pro outro lado do mundo. Conhecer  gente  nova,  descobrir  novas  culturas, visitar  lugares  que  não constam nos  guias  e  que você jamais  conheceria  se participasse  de  um turismo  comum  e,  tudo  isso,  gastando  pouco  dinheiro.

Essa é a ideia principal dessa nova maneira de viajar que promete revolucionar o turismo e conectar pessoas em todo o planeta.

Abraços!

16 de novembro de 2013 Tag:

Viajar barato é preciso!

Eu amo fazer turismo e conhecer lugares novos no Brasil, mas infelizmente ainda temos um problema de custo muito alto de passagens, acomodações e serviços em geral. Viajar barato é preciso, é uma arte!

Eu tenho um Guia 4 Rodas – “Viajar, bem e barato” – que me ajudou durante um tempo com dicas para economizar . Logo após ter filho me desliguei do assunto, sempre fica mais difícil carregar malas com crianças; nem todo mundo tem essa proeza e desprendimento.

Aos poucos tenho retomado o meu ritmo e programado conhecer novos lugares, passeios diversos e viajar barato. É importante alguns detalhes nesse aspecto PREÇO das viagens + qualidade dos serviços.

viajar barato não combina com o feriado

  • Congestionamento nas estradas e rodovias das grandes cidades. Toda vez que saio de Belo Horizonte no feriado é um transtorno! Prefiro sair antes ou depois e curtir a cidade vazia no feriadão.
  • Preço de hotel e serviço bem mais caro que o normal. Não compensa pagar caro em hospedagem nessa época, vale a pena aproveitar para descansar em casa vendo um bom filme e comendo pipoca.
  • Filas e lugares mais cheios nas cidades turísticas. Não conseguimos aproveitar os passeios, restaurantes e boa comida. É melhor não viajar!

Definitivamente viajar barato não combina com feriado ou alta temporada, programação e bom planejamento é imprescindível.

Mais dicas? Compartilhe nos comentários!

Abraços!

8 de novembro de 2013 Tag:

Mitos e verdades que minha avó contava

Desde o tempo que eu era criança, escutava a minha avó falar determinadas coisas que até hoje eu ainda vejo muita gente repetir. Tipo, comida quente não se coloca na geladeira, secar roupas atrás da geladeira, ou passar roupa ao poucos gasta menos luz. Pois bem, a maioria desses “conhecimentos” não passam de mitos.

mitos e verdades com ideia da vovó

Mas todo mito tem uma razão para existir, certo? Fiquem ligados então em algumas lorotas que eu separei para vocês e descubram um pouco mais sobre porque determinadas coisas são tão repetidas por aí.

Guardar comida quente estraga a geladeira

As pessoas sempre comentam sobre colocar ou não a comida quente na geladeira. Mas algumas perguntas sempre vem à minha cabeça: estraga o alimento, estraga a geladeira? Bom, vamos em parte. Quando colocamos o alimento quente na geladeira, o motor é obrigado a trabalhar mais para poder resfriar o alimento. Se sua geladeira não estiver no melhor estado de funcionamento, pode te dar a impressão de que está demorando demais para gelar os outros alimentos, por isso, fique atento. E o alimento? Pois bem, morando no Brasil com esse nosso abençoado calor de 40° graus é sempre bom estar atento aos alimentos que são deixados fora da geladeira. Agir com bom senso evita problemas, então é simples, use o equilíbrio e deixe o alimento esfriar um pouco e depois coloque na geladeira. Mas isso é apenas para poupar a geladeira. Não vai estragar se você colocar quente, mas em compensação se você esquecer de colocar na geladeira, o calor de um dia de sol é suficiente para acabar com a sua comida. Então atenção, é mito, mas não custa nada ficar atento.

mitos e vedades sobre a geladeira da vovó

Secar meias atrás da geladeira

Hoje em dia, cada vez menos geladeiras tem aquelas grades atrás que todo mundo usava para secar meias e até algumas roupas. Mas é verdade mesmo que fazer isso estragava a geladeira? Se você respondeu que SIM, está corretíssimo. Em casa, inúmeras vezes tivemos que ligar para a Assistência Técnica Brastemp – Belo Horizonte porque o motor da geladeira parava de funcionar. Isso porque, quando colocavamos as roupas lá, estamos diminuindo a quantidade de calor que a geladeira consegue dissipar, aumentando assim o trabalho do motor e o desgaste. Então já sabe, né? Esse não é mito. Se você ainda tem uma das geladeiras mais antigas, conserve ela não colocando nada para secar atrás.

Passar um pouquinho de roupa todo dia

Esse mito aí é um dos mais errados. Com a desculpa de não deixar acumular roupa, tem gente que fala que gasta menos energia passar todo dia, porque o ferro fica menos horas ligado. ERRADO. O ferro de passar roupa gasta energia toda vez que ele esfria e precisar ser esquentado novamente, ou seja, se você não deixar ele esfriar ele quase não vai gastar luz. Agora se todo dia você ligar o ferro para passar uma blusa só, pode apostar que sua conta de energia vai vir uma fortuna. Então para evitar surpresas, evite esse hábito. Ele dá as mãos para aquela velha história de abrir a geladeira toda hora. Gasta mais luz porque vai ter que repor o ar que saiu…

Fique atento para os mitos e verdades que a vovó contava porque às vezes tem um fundamento, mas procure sempre saber um pouco mais. Na dúvida, procure no manual de instruções do próprio aparelho ou converse com a assistência técnica. Isso vai te fazer evitar dores de cabeça e problemas futuros.

Compartilhe mitos e verdades da vovó!

abraços!

13 de outubro de 2013 Tag: , , ,

Mais amor por favor!

com crianças mais amor por favor

Domingo é aquele dia bom para refletir sobre a vida, sobre as nossas atitudes, comportamento, amigos, e relacionamentos. Mais amor por favor? Porque hoje é um dia para cuidar, dar um abraço, ouvir uma boa música, e transmitir energia positiva.

Que tal preparar um bolo em forma de coração? Chocolate, cheio de amor por favor? Regado com calda de frutas, carinhos e sorrisos. Se vier acompanhado de crianças fica mais alegre e mais sincero!

bolo de coração e chocolate com mais amor por favor

Esse bolo acima está no Chocolate Cake Moments

Legal é viver as diferenças, contribuir com o próximo, sem preocupar com as marcas do tempo. É bonito de se ver, mãos que se juntam entre o futuro e o passado.

viva as diferenças com mais amor por favor?

Dia de parque, roda gigante, emoção e mais amor. É preciso um pouco de diversão, sorvete, doces, gostosuras.

Aproveitando que ontem foi dia das crianças, fotos do Xodó com mais amor.

mais sorvete e mais amor por favor

Porque amor nunca é demais!

Abraços!

8 de outubro de 2013 Tag: , ,

Minha vida são bordados frenéticos em BH!

A minha vida é cheia de tramas, conjugações, linhas entrelaçadas em bordados frenéticos no vai e vem de atividades. Minhas leituras se encontram com algumas fotografias compartilhadas na internet; entre um bate papo com cafezinho acompanhado do pão de queijo. Delícia que é ser mineiro!

bordados pela cidade Belo Horizonte

Hoje começa a semana de moda, no Expominas, quero aproveitar para fazer algumas imagens no evento. Fui convidada para alguns desfiles, espero conseguir conciliar meu trabalho e vir dividir com vocês a experiência de algumas imagens realizadas.

Falando em bordados, as imagens de hoje foram feitas no Museu do Bordado que fica no bairro Cidade Nova. Quem vem à Belo Horizonte e gosta de moda com história, não esqueça de agendar um horário para conhecer a casa onde funciona essa cultura mineira.

Bordados em Museu de Belo Horizonte

“O Museu do Bordado tem como finalidade valorizar a cultura, nossa história e o trabalho de nossos ancestrais.” Beth Lírio 

As visitas devem ser agendadas pelo telefone: 34841067

Quadros em bordados na parede do Museu

Nesse meu vai e vem pela cidade, encontrei o Museu do Bordado que merece um post à parte e bem detalhado. Quem conhece? Em breve, conto mais sobre o meu bate papo com Beth Lírio.

Abraços!

22 de agosto de 2013 Tag: , ,

As músicas mais tocadas na rádio anos 80

Os anos 80 é uma das décadas que me traz boas lembranças, em termos de moda, cultura e música. Um texto bem bacana cita principais movimentos da década para história da moda, então hoje resolvi compartilhar algumas músicas mais tocadas na rádio anos 80.

músicas para ouvir e dançar na rádio anos 80

Não tem como esquecer o grupo internacional New Order, lidera o ranking da minha preferência, “The perfect Kiss”. No Youtube é possível ouvir uma lista com as melhores músicas como “Blue Monday”.

A música Psycho Killer do grupo Talking Heads também foi uma das mais tocadas na rádio anos 80. Pura expressão New Wave, gosto de assistir os clipes que são bem bizarros.

Época de música eletrônica, POP, brega, grunge; era uma mistureba legal que dá saudade. Quem lembra do Prince? Purple Rain Live, ele cantou com Beyoncé no Grammy.

musicas para dançar na rádio anos 80

Rádio anos 80 com músicas para dançar

Cindy Lauper lançou seu primeiro disco em 83 com uma das músicas – “Girls Just Want to have Fun” – mais tocadas e vendidas na época; alcançou o segundo lugar na Billboard Hot 100.

Debbie Gibson com Electric Youth, já no final da década de 80, tinha uma coreografia de dança em grupo.

Confesso que sinto uma nostalgia imensa assistindo esse vídeo acima, lembro dos meus cabelos loiros e frisados. Que amava usar colete e jardineira nessa época, dançava esses passinhos da moda “new generation”. Coisa mais antiga, mas eu frequentava a discoteca (matinê) para menores de idade.

Quando eu penso na década de 80 recordo de um tempo revolucionário, liberdade, expressão cultural e ideologias. Surgiram as bandas de garagem, o Rock Nacional foi ocupando espaço entre musicas mais tocadas nas rádios e na televisão.

Paulo Ricardo na rádio anos 80 < musicas mais tocadas

Aliás, as músicas brasileiras mais tocadas na rádios dos anos 80 tem um contexto político, social. Revoluções por Minuto do grupo RPM; Brasil, música do CD Ideologia, cantada por Cazuza; Tempo Perdido do Legião Urbana.

Tem uma lista enorme de músicas para relembrar.

Quem mais sente saudades?

Compartilhe sua música predileta, tocada na rádio anos 80, comente no formulário abaixo!

abraços!

19 de agosto de 2013

Que tipo de trabalho faz sentido pra você?

Essa pergunta faz parte de uma pesquisa e discussão realizada pelo banco HSBC e as revistas femininas da editora abril sobre o tipo de trabalho atual, dinheiro e vida pessoal.

A pesquisa já foi desativada, mas a reflexão sobre o resultado continua – como nos relacionamos com o trabalho.

Pois é, em plena segunda-feira eu me vejo diante dessas questões que passaram a ser um eterno conflito em minha vida: A realização pessoal, a questão financeira, a otimização do tempo.

“Viver e explorar os rumos de obscuridade sem prazo

sem consulta  sem provocação

até o limite das folhas caídas na hora de cair”

Carlos Drummond de Andrade

Qual é o tipo de trabalho que te faz feliz?

O mundo mudou, os valores e comportamento feminino mudaram e hoje não me vejo inserida em um mundo capitalista onde é preciso acumular bens. Não me sinto atraída por um emprego onde o único objetivo seja a renda no fim do mês, não vejo vantagem nenhuma em trabalhar com o único objetivo financeiro.

“Não é permitido gastar o tempo, jogar conversa fora. É subversivo!”

Fonte: Revista Lola Agosto

Há tempos que gosto de transgredir um pouco as “regras”, isso tem um preço. É claro que pago caro pelas minhas escolhas, é o preço da minha liberdade. Lembro quando meus pais me diziam para estudar para um concurso público, ainda bem que eles desistiram de me convencer a ter um emprego estável.

Ontem eu conversava sobre o meu trabalho de fotografia, que não importa o valor que eu recebo por uma imagem, mas sim a realização de ver um cliente feliz e satisfeito. Não há nada que motive mais do que trabalhar para o próximo, para ver um sorriso; o saldo no fim do mês é muito mais compensador.

Acho que no dia que eu conseguir ajudar alguém de forma social, eu vou me realizar profissional e pessoalmente. Esse é o trabalho que faz sentido, que transforma, que nos faz evoluir.

É com essa pergunta que iniciamos mais uma segunda-feira: Você é feliz no trabalho?

Abraços!